A boa formação educacional é importante para um futuro bem sucedido, esta é uma informação que os pais sabem de cor. Porém, quando o assunto é o jeito como a família lida com a educação, alguns deslizes ainda são comuns. A cada dez pais brasileiros que possuem filhos entre 13 e 15 anos, sete não estão informados sobre os deveres de casa do adolescente, e não sabem se eles entregam ou não a tarefa exigida pelos professores. Além disso, 40% deles não sabem o que as crianças fazem durante o tempo livre, e 25% desconhece que o filho havia faltado às aulas. Os dados são da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (Pense), coletados ao longo do ano de 2012.

Especialistas garantem que a proximidade entre os pais e a escola aumenta o desempenho e o rendimento do aluno. É um erro encarar a rotina de casa e da escola como coisas independentes, sendo apenas o segundo ambiente o responsável pelo sucesso da aprendizagem.

É de extrema importância que os pais interajam com a rotina de estudos e o processo de aprendizagem do filho. O melhor lugar para isso é em casa.

Para começar, crie um ambiente convidativo ao estudo: selecione um espaço com iluminação e temperatura adequadas, além de deixar os materiais necessários acessíveis. É desejável ainda que você ajude seu filho a definir um cronograma de tarefas equilibrado, que contemple o momento da lição e também do descanso e hobbys.

A hora do estudo é sagrada e deve ser acompanhada de perto pelos pais, assim é possível se inteirar do conteúdo que está sendo trabalhado em sala de aula, auxiliar nas dúvidas e avaliar como está o desempenho.

Saiba o que seu filho está aprendendo, troque informações, elogie as conquistas e aponte, com carinho, as áreas que precisam ser melhoradas.

A continuidade do trabalho da escola em casa é só uma das etapas a ser considerada quando o assunto é o envolvimento dos pais na vida escolar dos filhos. Para garantir o sucesso da criança, é preciso também interagir com as atividades da escola.

Além de participar de reuniões para debater a evolução do seu filho, é importante participar de eventos, como a feira do livro.

São boas oportunidades para avaliar o aproveitamento da criança e o seu desenvolvimento emocional, além de se aprofundar no conhecimento da proposta pedagógica da escola. “Ainda é possível conhecer os pais de outras crianças e os funcionários que interagem com o seu filho. Ao se sentir à vontade com o universo dele, fica mais fácil ser atuante.

Fontes:

http://mdemulher.abril.com.br/familia/por-que-os-pais-devem-acompanhar-a-rotina-escolar-do-filho/

http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/pais-nao-acompanham-a-rotina-escolar-dos-filhos-07i4uni15btw9oc1oas51dv0u