Mais um ano letivo se inicia. Com ele, novas expectativas, novos projetos, novos anseios, novos desejos de que tudo ocorrerá dentro do esperado. Os alunos levam consigo uma carga de expectativa bastante significativa. Eles chegam ansiosos para se adaptarem a um ano de experiências e aprendizado.

Para alunos antigos é tempo de rever os colegas e os professores. Eles também conseguem ver como os amigos cresceram durante as férias. Para os que acabaram de chegar é época de mudanças, adaptações e principalmente amadurecimento.

Os professores iniciam o ano com empolgação para colocar suas estratégias de ensino e os planos de aula em prática.

O início do ano letivo também é tempo de reflexão, de levar adiante os aprendizados do passado e traçar novas metas.

Novas metas para um novo ano letivo

importante incentivar as crianças a traçarem metas como: se empenhar com os estudos; ter disciplina na sala de aula; não deixar de fazer as lições de casa; respeitar colegas e professores.

Para os alunos que estão iniciando a vida escolar, adaptação é a palavra-chave. Para os pais, fica a meta de não sofrer com o início desta nova fase na vida dos filhos, de acompanhar de perto o desempenho dos pequenos e se envolver com a escola.

Para aqueles que já acompanham a vida escolar dos filhos, fica sempre a sugestão para que tracem objetivos em conjunto com as crianças. Horário de estudos, horário de brincar e o acompanhamento das tarefas escolares são alguns deles. Os pais também podem incluir em suas metas pessoais para 2016 as tarefas de tentar comparecer em todos os eventos escolares, inclusive nas reuniões de pais, e trabalhar em conjunto com a escola.

Para os professores, fica o compromisso com o aprendizado, com o desenvolvimento do aluno em sala de aula, tanto pedagógico quanto social.

Metas simples, mas que podem fazer toda diferença ao longo do ano letivo.